Your browser version is outdated. We recommend that you update your browser to the latest version.

FOGÕES INSTITUCIONAIS:

Destinado a grandes cozinhas (centros internatos e hospitais, escolas, cadeias, etc...) o fogão institucional é feito especificamente de 4 (quatro) materiais: argila, tijolos cerâmicos, areia e ferro, com pequenas quantidades e que servem de complemento de serradura, cimento e cinza.

O isolamento térmico é feito com materiais capazes de reduzirem as taxas de transferência de calor.

A escolha do tipo do fogão por construir irá depender de uma combinação de factores incluindo:

  • A capacidade da panela desejada/número de pessoas a serem servidas;
  • A existência de alpendre;
  • O tempo de vida esperado.

Os fogões institucionais podem alcançar altos índices de transferência de calor para os alimentos porque cerca de 90% da área da superfície da panela está isolada e tem um sistema de insolação em volta da câmara de combustão e na área de passagem do fogo.

Por causa destes factores, os fogões institucionais possuem um nível de poupança de combustível lenhoso bastante elevado, podendo atingir taxas em volta de 60% relativamente aos fogões tradicionais de três pedras.

 

DESCRIÇÃO

NUMERO DE BOCAS

CUSTO UNITÁRIO

Fogão institucional

2

17.000,00MTn

Fogão institucional

3

22.000,00MTn

Fogão institucional

4

26.000,00MTn


Os custos são referentes a zonas localizadas na Beira e arredores, num perímetro máximo de 20 Km. Para o caso de locais situados fora do referido perímetro, será incluída uma taxa simbólica de transporte e de outras despesas. Encomendas de fogões institucionais em quantidades superiores a 10 bocas beneficiarão de descontos.

No fornecimento dos fogões institucionais (qualquer numero) e de fogões familiares (em quantidades superiores 10 unidades), a assistência inclui uma capacitação aos usuários (beneficiários) em matérias de uso e manutenção e noções básicas de higiene, saúde e meio ambiente.

Existe uma equipe de produtores organizados sob forma de uma empreitada na Cidade da Beira habilitadas para a construção destes fogões  institucionais. 

Confira aqui o passo a passo para a construção de um fogão institucional poupa lenha.

 

ESTUDO DE BASE:

A problemática da retenção dos alunos na escola, que em muitos casos faltavam devido a fome, levou o Governo a adoptar medidas de fornecimento de refeições nessas mesmas instituições de ensino. No entanto, a falta de recursos e de conhecimentos/ tecnologias adequados leva a que tanto as escolas como os centros internatos com grandes cozinhas adoptem metodologias para a confecção dos alimentos usando processos que muitas vezes acabam não compensando o esforço empreendido. Este estudo pretende trazer algumas alternativas para esses problemas, com a adopção de tecnologias de uso de fogões melhorados institucionais, confira o estudo complecto aqui.

Confira aqui a galeria de fotos de fogões institucionais.